Entenda como comprar e vender criptomoedas pelo caixa eletrônico de Bitcoin, novidade no Brasil. Descubra se vale a pena utilizar o serviço, além de quanto custa e se há taxas nas transações no caixa eletrônico de criptomoedas.

O que é um caixa eletrônico de Bitcoin?

Um caixa eletrônico de Bitcoin, trazido pela empresa americana Coin Cloud e batizado de BTM é como qualquer outro, exceto que permite comprar e vender criptomoedas. Mesmo sem qualquer Bitcoin, a compra pode ser realizada diretamente com o uso da moeda Real.

Caixa eletrônico de Bitcoin
Agora é possível comprar e vender Bitcoin com caixa eletrônico.

Quais criptomoedas posso comprar e vender?

O caixa eletrônico de criptomoedas da Coin Cloud, ou o BTM, suporta 29 ativos digitais diferentes, incluindo:

  • Bitcoin
  • Ethereum
  • Litecoin
  • Tether
  • USD Coin
  • XRP

Como funciona o caixa eletrônico de Bitcoin?

É preciso ter o valor mínimo de R$10 para comprar criptomoedas e ativos digitais de qualquer tipo, ou o equivalente a R$50 para vendas. Além disso, não é possível comprar e vender no caixa eletrônico de Bitcoin com cartão de crédito.

Todos os ativos comprados são enviados para a carteira digital de Bitcoin da dona dos caixas, a Coin Cloud Wallet. Essa carteira é acessível por dispositivos móveis, com aplicativo para Android e iOS. Claro, cabe ao usuário decidir onde manterá as suas criptomoedas.

Essa carteira de Bitcoin não possui taxas pela custódia e as chaves privadas ficam com cada cliente.

O valor máximo que pode ser comprado de qualquer um dos ativos ´é de R$5.000.

Os caixas eletrônicos de Bitcoin cobram taxas?

Sim. Apesar de a carteira Coin Cloud Wallet não possuir taxa de custódia, as transações de compra e venda de Bitcoins no caixa eletrônico possuem custo. Essa cobrança é para ajudar a manter os caixas ativos.

No total, a empresa cobra uma taxa entre 7-15% para compras e vendas. Em relação à compra, tem-se uma desvantagem comparado às principais exchanges, mas a venda chega a ser equiparável.

Caixa eletrônico de Bitcoin no Brasil
Em teoria, teremos acesso mais rápido e prático ao Bitcoin e a outros ativos.

Onde tem um caixa eletrônico de Bitcoin no Brasil?

O primeiro caixa eletrônico de criptomoedas do Brasil permite compra e venda de Bitcoin e outros ativos em São Paulo. Mais precisamente, no Sheraton WTC SP, no seguinte endereço:

  • Avenida das Nações Unidas, 12.559, Zona Sul, ao lado do caixa eletrônico tradicional do lobby.

A promessa é instalar diversos caixas eletrônicos de Bitcoin no Brasil – no mundo, são instaladas mais de 10 por mês. As localidades para onde há promessa desses caixas eletrônicos especiais são áreas nobres, como:

  • Barra da Tijuca (Rio de Janeiro)
  • Alphaville (São Paulo)
  • Brooklyn (São Paulo)
  • Itaim Bibi (São Paulo)
  • Jardins (São Paulo)
  • Pinheiros (São Paulo)
  • Sorocaba (São Paulo)

Quais são as vantagens de comprar e vender assim?

  • Pessoas que nunca estiveram em contato com o Bitcoin e outros ativos digitais podem começar a partir do valor simbólico de R$10, diretamente no caixa.
  • Não é preciso vincular conta bancária ou cartão, apenas comprar e vender com dinheiro em espécie, algo que as exchanges não permitem.
  • Comodidade e rapidez.
  • Não é necessário instalar nada, exceto talvez a carteira virtual da própria empresa, caso o usuário assim deseje.

Quais são os riscos?

Sempre que se fala em retirada e movimentação de dinheiro e valores em local público, existe o risco de furto e roubo. Por isso, é preciso ter cautela com essa atividade, dependendo da região.

Criptomoedas podem literalmente ser perdidas para sempre, então é preciso o mesmo cuidado das compras e vendas em corretoras. Guarde bem a chave, tenha backups e dê preferência a carteiras físicas.

Vale a pena usar o caixa eletrônico de Bitcoin?

As taxas envolvidas principalmente na compra de ativos são consideráveis, então não necessariamente é o melhor negócio se houver uma alternativa.

Caso contrário, é uma maneira simples, rápida e muito válida de comprar e vender criptomoedas, que tem se tornado mais comum em todo o mundo. Já são milhares de caixas eletrônicos desse tipo, e a tendência é que se tornem mais comuns.

Su comentarios nos interesaa

Quieres saber mas sobre AppBR?